8 de maio de 2006

E agora?



Durante tanto tempo consegui lutar contra o que parecia
inevitável acontecer. Lutei até não conseguir mais... Acabei por
decidir "baixar a guarda"... E o que aconteceu?? Agora
simplesmente não sei o que pensar ou sequer como agir. Aquilo que
antes parecia obvio agora ja nao o é! E como será suposto eu
reagir a este turbilhão de sentimentos que me assola? Luto pelo
que sinto e acho que quero? Ou pura e simplesmente baixo os
braços e fico à espera de ver o que acontece? Já não tenho
certezas... Agora apenas tenho dúvidas e mais dúvidas! E tu,
ainda tens certezas??

5 comentários:

  1. Minha linda, aquilo que me disses-te à um tempo atrás também serve para ti, eu não tive medo e continuei a lutar até conseguir lembras-te? Desistir daquilo que se quer, é desistir de viver a vida como acreditamos que deve ser vivida... Vai em frente, luta pelo que acreditas e acredita nas coisas por que lutas!

    ResponderEliminar
  2. Nunca ha certezas de nada... O que acontece, acontece nos momentos em que ha menos duvidas!
    Não se trata de lutar ou deixar de lutar... Acho que a luta não é por o que tu queres, mas sim por aquilo que tu não te deixas a ti própria ter...

    Mudar!? Talvez... Todos temos de mudar... O principe / princesa encantada n existe, o que existe é um par de pessoas dispostas a mudarem mutuamente para que disse resulte um entendimento saudavel...

    ResponderEliminar
  3. Dúvidas há sempre!!!Quem tem certezas?
    As vezes é melhor deixar as coisas acontecerem por elas... não apressar, deixar acontecer...
    O tempo ajuda a perceber... pega no que sentes e vai com calma!!!
    Mas desistir... nunca!!!E não lutes contra a maré!!! lolol
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Pois... e agora?!? É sempre uma incógnita... Se se deve lutar ou não, também não sei! Será que vale a pena?! Mas que certezas é que se tem para baixar os braços?! E se isso for o pior erro que se pode cometer?!? Como se pode saber o que fazer?! Bem... o melhor é escolher e estar pronta para o que a escolha trouxer... Agora quando se tem certezas, deve-se lutar até ao fim!!

    O mais difícil é ter certezas...

    ResponderEliminar
  5. Linda, eu tb já não tenho certezas nenhumas... Depois de passarmos por tantas coisas, parece que ainda ficamos mais confusos! Eu gostava de voltar à estaca zer, à idade da inocência... quando tudo era simples e os mais pequenos gestos nos deixavam felizes... na nossa bela ignorância ou inocência...

    ResponderEliminar