27 de maio de 2015

Diário de uma gravidez #2 - A história

Esta foi uma gravidez muito desejada mas não planeada (no momento em que aconteceu).
No final de Novembro um chekup de rotina (que faço sempre na altura do meu aniversário) trazia um diagnóstico assustador.
Um quisto (com aspecto estranho) no fundo de saco vesico-uterino (saco de douglas), com indicação de mais exames e repetição da eco passados dois meses para uma avaliação mais pormenorizada.
Numa das muitas consultas que tive com o meu médico nessa altura, ele disse-me para ter cuidado e não engravidar porque o mais provável era ter de ser submetida a uma cirurgia, e que isso inviabilizava uma possível gravidez (isto já em Dezembro).
Quando o período não apareceu em Dezembro não demos muita importância. Afinal podiam ser efeitos secundários do quisto ou do estado de nervos constante em que andava.
Na última noite de 2014 disse ao Z. que achava que estava grávida (sentia-me diferente, sem conseguir explicar em quê), ele disse-me para não me preocupar que era de andar mais stressada com os exames..
No dia 15 de Janeiro decidimos comprar um teste, afinal já tinham passado quase dois meses desde a última menstruação...



O risquinho cor-de-rosa apareceu imediatamente no teste. Foi um misto de sentimentos que não consigo descrever. Se por um lado estávamos radiantes de felicidade por outro ficámos muito assustados, o médico tinha sido muito claro quando me disse para não engravidar...
O primeiro telefonema que fiz foi ao meu médico. Que me deu logo os parabéns e me disse que ia tudo correr bem. Que íamos antecipar os exames já marcados, fazer mais análises e que com isso decidíamos o que fazer a seguir.
Foram duas semanas de angústia, vividas apenas a dois. Ou melhor a três :)
De um medo enorme. 
Fiz as análises, os exames e quando chegámos à ecografia descobrimos que verdadeiramente nunca tinha existido o quisto. Que se tratava de um quisto lúteo que às vezes se formava no inicio da gravidez mas que depois desaparecia sozinho (mas que devido à sua forma irregular levantou todas as suspeitas).
Tinha ido fazer uma ecografia pra controlar um quisto e acabei a ver o meu bebé e a ouvir o coração a bater. Foi dos momentos mais mágicos da minha vida!
A minha vida começou a mudar no dia 15 de Janeiro, mas sem dúvida que mudou para sempre no dia 26 de Janeiro...
Apartir desse dia foi fazer mais um batalhão de análises, exames e a ecografia morfológica para ter a certeza que estava mesmo tudo bem! 
O meu coração acalmou em Fevereiro quando o médico disse que estava tudo bem! 
Foi nessa altura que partilhámos a notícia com as nossas famílias e os amigos mais próximos. 

A data prevista para o bebé nascer é 22 de Agosto.

14 comentários:

  1. Ainda bem que tudo a correr pelo melhor, apesar desse início de maior nervosismo :). O meu bebé também está previsto para Agosto, mas para o dia 10 :D.

    ResponderEliminar
  2. Bem, ddue ter sido uma altura de muito nervosismo. Mas fico feliz por no final de contas, tudo estar a correr bem.

    ResponderEliminar
  3. Que bom :) parabéns :)

    coisasquemepassampelatola.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Oh minha linda, que final feliz. A pensar que tinhas uma quisto e afinal era um bebê a caminho :)
    Estou muito feliz por vocês.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. É tão bom ler coisas assim, das mais fantásticas que nos podem acontecer.

    ResponderEliminar
  6. Bota mágico nisso!
    O meu está previsto para 1 Setembro ;)
    Mas afinal é menino ou menina?

    ResponderEliminar
  7. Ainda bem que tudo está a correr bem ,este verão vai ser bem diferente :)

    ResponderEliminar
  8. Torna-se ainda mais mágico quando vem com estes contratempos todos! Agora vai ser "sempre a somar"! ;)
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  9. o que interessa é que está tudo bem e, então, menina??

    ResponderEliminar
  10. uma história muito emocionante, e com final feliz e isso é que conta!!!

    ResponderEliminar
  11. Um sorriso enorme :)

    ResponderEliminar
  12. Ai Sónia, que bom. Que bom que tudo está bem e estás quase a ser mãe de um bebé super saudável. Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. MAs que GRANDE susto - e eu sem suspeitar de nada - ainda bem que está tudo bem!
    Um beijinho GIGAAAANTEEEEE!

    ResponderEliminar
  14. Ainda bem que não passou de um susto e que correu tudo bem :)

    ResponderEliminar