27 de dezembro de 2012

Rescaldo do Natal


O meu Natal foi bom. Não foi perfeito, mas foi bom.
Passámos a noite com os meus pais e irmãos. Apesar de não estarmos todos, foi uma noite feliz.
A alegria dos sobrinhos a abrir os presentes fez-me recuar uns anitos no tempo e recordar o dia 25 de madrugada. Sim, porque em minha casa o "Pai Natal" só deixava as prendinhas durante a noite. 
No dia 24 lá deixávamos os sapatinhos todos direitinhos em frente ao presépio, que estava sempre por baixo da árvore de Natal. (imaginem 8 sapatinhos alinhados, :))
No dia 25 acordávamos "com as galinhas" e íamos acordar os meus pais para saber se podíamos abrir as prendas. E depois era a felicidade mais pura e genuína. É bom recordar situações assim felizes :)
O dia 25 não começou da melhor maneira, uma ida às urgências com o namorado doente. Antibiótico para tentar curar uma amigdalite daquelas muito chatas.
Depois mais uma viagem (e muitos kms) e o dia foi passado com os avós e os pais do namorado.
Foi o nosso primeiro Natal com a Kika e ela também teve direito a prendinhas. 
E o importante do Natal, para mim, é ter a minha família comigo.  




2 comentários:

  1. O importante do Natal é termos as pessoas que nós amamos do nosso lado. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo :) Espero que tenhas passado um Natal muito feliz :)

      Eliminar