13 de maio de 2010

Agora nunca é tarde...


Recebi este poema hoje por email. 
Impossível ficar indiferente.

Sem comentários:

Enviar um comentário