14 de janeiro de 2009

Sinto Muito


Há livros que nos marcam para a vida, pelas mais diversas razões. Sinto Muito é um desses livros. Decerto não é um livro literáriamente extraordinário, mas sem dúvida que do ponto de vista humano é dos melhores que tive a oportunidade de ler.
Ao lê-lo foi de todo impossível segurar algumas lágrimas que teimaram em cair. O livro é uma compilação de pequenos artigos que o autor escreveu e que mais não são do que memórias da sua prática enquanto médico.
Poderia escrever muito sobre o que li, no entanto considero que a sinopse do livro diz tudo.

Um agradecimento especial ao meu amorzito que sabendo que eu queria tanto lê-lo, me ofereceu o livro:)

"Sinto Muito é sobre o sofrimento em geral, sobre a dor, seguida de perda, seguida de dor. Entristece o coração, mas recompensa-o grandemente, tornando-o mais leve e melhor. Nuno Lobo Antunes pretende, com bom propósito e bons resultados, deixar que o seu coração se pronuncie, que se liberte a sua voz, que seja conhecida a sua humanidade. E, na verdade, a alma fala.
Há no médico o desejo de ser santo, de ser maior. Mas na sua memória transporta, como um fardo, olhares, sons, cheiros e tudo o que o lembra de ser menor e imperfeito.
Este é um livro de confissões. Uma peregrinação interior em que a bailarina torce o pé, o saltador derruba a barra, o arquitecto se senta debaixo da abóbada, e no fim, ela desaba. O médico e o seu doente são um só, face dupla da mesma moeda. O médico provoca o Criador, não lhe vai na finta, evita o engodo. Mas no cais despede-se, e pede perdão por não ter sido parceiro para tal desafio."

2 comentários:

  1. li o livro de uma só vez.
    :)

    ResponderEliminar
  2. Anónimo14:37

    Agradecimento do autor Nuno Lobo Antunes aos leitores do livro "Sinto Muito"

    http://www.youtube.com/watch?v=6wSoVFO_tWw

    EVK

    ResponderEliminar